Ontem fui para São Paulo tomar vacina contra a febre amarela. Em São Paulo são 3 postos que fornecem a carteirinha internacional de vacinação, um em cada aeroporto e outro no Hospital das Clínicas. Escolhi este último pela facilidade em chegar até lá. Descobri várias coisas interessantes, uma delas que existem focos da doença até em regiões do Estado de São Paulo. E quem vai para Minas Gerais também precisa tomar. Eu já fui a Minas várias vezes e nunca tinha ouvido falar nisto. Estranho alguém que vai à Australia precisar tomar vacina contra febre amarela, no site da Embaixada Australiana no Brasil, eles explicam que isto é necessá¡rio somente para estrangeiros de países onde existe a doença. Então, eu tomei a vacina não para me previnir de uma doença que eu possa estar pegando lá, mas para previnir que eu não leve a doença para lá. Segundo o site, na Australia, não existem casos de febre amarela, mas o mosquito transmissor (Aedes aegypti) pode ser encontrado em regiões da costa ao norte de Queensland.